Facebook compra Instagram

Edson Zaltron Reply 14:52

Instagram
O assunto da semana é a compra do Instagram pelo Facebook por US$ 1 bilhão. Porém, mais do que analisar qual será o futuro do aplicativo ou qual será a integração entre as plataformas, o site Mashable resolveu tirar três lições valiosas desta aquisição.
A primeira delas é buscar por parceiros que te agreguem algo que você não tem, como foi o caso do Instagram.
O Facebook nunca ofereceu a possibilidade de criar conteúdos que não fossem posts. Portanto, ele foi buscar em outra companhia uma competência que ele mesmo não tinha. Esta lição é valiosa para as empresas, que precisam entender que não é necessário reinventar a roda, basta ter dinheiro para comprar a roda alheia.

Outro ponto em que Mark Zuckerberg acertou em cheio foi o fato de deixar o Instagram intacto. Um dos primeiros comentários do criador do Facebook a respeito da negociação foi que o aplicativo de compartilhamento de fotos manteria a mesma experiência. Normalmente, as companhias vão para o lado oposto e começam a crias novas experiências que, às vezes, podem desagradar os antigos usuários. Empresas como Facebook e Instagram já são grandes e boas o suficiente para conseguir se manter sozinhas, portanto, a rede social está correta em alavancar a experiência da plataforma individualmente ao invés de tentar criar novidades mirabolantes logo de cara.

Por fim, o site pontua que um dos maiores aprendizados que o Facebook deixou com esta aquisição foi o fato de que deve-se apostar nos amadores. Não que o Instagram seja amador, mas a plataforma de criação de conteúdo traz, também, muitos amadores, além dos mais experientes e isso é bom. De acordo com a publicação, as empresas não devem se focar somente em marcas e produtos voltados para os profissionais. Apesar de as pessoas mais experientes criarem conteúdos aspiracionais, são os amadores que trazem alcance.

Fonte: olhardigital.uol

Postar um comentário

Hospedagem de Sites

Hospedagem de sites

Anúncios Google

ESN no Facebook

Seguidores do Google+

Seguidores